Menino Maluquinho ficará novo de novo na terra de Ziraldo

Uma infiltração que levou água para dentro da parte interna da estátua, principalmente na cabeça e na panela, determinou uma inclinação no pescoço do Menino Maluquinho

O Menino Maluquinho está envolto por andaimes, com trabalhadores cuidando da restauração(foto: Reprodução/Super Canal Caratinga)

O artista plástico e escultor João Rosendo Alvim Soares, de Manhumirim, autor da escultura do Menino Maluquinho, erguida em 2003, em Caratinga, já sabe o que aconteceu para o personagem imortal do cartunista Ziraldo, quase perder a cabeça.

“Foi uma infiltração que se originou na parte superior da estátua. Essa infiltração aumentou o peso na parte de cima da cabeça e causou uma inclinação de uns 10 cm, mais ou menos”, explicou o escultor.

Para resolver o problema da inclinação, João Rosendo explicou que será feita uma “sangria”, ou seja, um procedimento para retirar a água acumulada junto ao concreto da parte interna da escultura.

Restauração total 

Os trabalhos de restauração da parte superior da escultura já foram iniciados. Quem passa pela BR-116, em Caratinga, vê o Maluquinho envolto por andaimes e trabalhadores cuidadosos, examinando todos os detalhes da área inclinada, na sua cabeça. 

A Prefeitura de Caratinga decidiu fazer uma restauração total na estátua, cuja estrutura interna é feita por duas colunas de concreto, que vão do tênis do Maluquinho até a panela que está sobre a sua cabeça. Toda essa estrutura interna, mais a externa, feita de resina de fibra, serão restauradas.

O secretário municipal de desenvolvimento econômico, Humprhey Lima, disse que a estátua, embora tenha sido construída pela prefeitura e tenha a sua localização em Caratinga, não pertence só ao município, mas ao Brasil.

“Caratinga é cortada pela BR-116, que liga o Norte e o Nordeste do Brasil às regiões Sul e Sudeste. E a gente que vive aqui, sempre vê turistas de todo o Brasil tirando fotos com o Maluquinho”, disse o secretário.

A previsão é que as obras sejam concluídas em 14 dias. A praça será liberada ao público, que poderá fazer selfies com o Menino Maluquinho, e relembrar as suas travessuras, narradas pelo seu criador, Ziraldo Alves Pinto, que é filho ilustre de Caratinga e nunca esquece de sua terra natal.

Jornal O ESTADO DE MINAS.

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *