QUE …

Que você seja, de fato, o amor da minha vida

Porque já estou farta de desilusões

Não sou mais uma menininha ingênua

Por um amor de verdade já fui capaz até de algumas transgressões

 

Mas você é diferente: companheiro acima de tudo

Não me critica, não me cobra, não me aprisiona

Um tipo de relação que sempre sonhei

Com alguém que me ama, mas não me pressiona

 

Que consigamos nos manter sempre conectados

Que não percamos o foco de nossa relação

Que todos que nos conheçam sintam nosso amor e sejam impactados

 
(*) Wilse Arena da Costa, Profa. Doutora em Educação. Palestrante, Escritora e Membro Fundadora da Academia Rondonopolitana de Letras/MT, Cadeira n° 10. Contato: [email protected]

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *