Rondonópolis: Homem derruba portão e ameaça matar namorada que se recusou dormir com ele

Acusado ainda alegou que queria uma caixa de som deixada na residência da vítima. Caso aconteceu em Rondonópolis.

PM foi acionada, ouviu depoimento da vítima e busca pelo acusado em Rondonópolis.

Um homem, nome não divulgado, derrubou o portão da casa da namorada com o carro, tentou arrombar a porta a ‘pesadas’ e fez ameaças de morte na madrugada dessa segunda-feira (13), quando a vítima estava dormindo e não atendeu ao acusado que queria uma caixa de som.

Ocorrência foi registrada no bairro Jardim Gramado, em Rondonópolis.

De acordo com a vítima, ainda na noite de domingo, ela estava com o namorado no apartamento dele. Porém, em determinado momento,  a mulher avisou que não ficaria para dormir, voltaria para casa, pois, teria que acordar muito cedo para trabalhar.

De forma ríspida ele teria respondido: “Pode ir então”.

Ao chegar em casa, a mulher viu uma mensagem no celular, a qual ele pedia para que guardasse a caixa de som que ele iria buscar o aparelho. Ela respondeu para que deixasse para outra hora, pois, tinha que descansar. Em segudia, desligou o celular e foi dormir.

Já passava da meia-noite quando a vítima e uma testemunha acordaram com o barulho do portão caindo e, em seguida, começaram a escutar ‘alguém’ metendo o pé na porta. Ele começou a gritar, momento em que identificou ser o namorado, dizendo que ele ‘iria matá-la’ e também toda a família.

As ameaças continuaram, e o agressor repetia que “mesmo se a namorada e toda família dela sumisse do mapa, ele os encontraria e daria fim à vida deles”.

O acusado ainda avisou que de ela chamasse a polícia e fosse preso, quando saísse cumpriria a promessa de morte.

A vítima ligou para a Polícia Militar (PM) e denunciou o que estava acontecendo, porém, o acusado percebeu e fugiu. Nesse momento ela abriu a porta e viu os danos causador pelo namorado, sendo o portão da casa, que estava totalmente destruído e o para-choque do carro dela.

Uma equipe da PM chegou ao endereço, onde ela relatou tudo o que tinha acontecido, além de ressaltar que o acusado tem uma picape branca e, provavelmente, teria usado o veículo para derrubar o portão.

Os militares saíram em patrulhamento buscando pelo agressor, foram ao endereço dele, mas não o localizaram.

Diante da situação, os policiais registraram o boletim de ocorrência, pelos crimes de danos e ameaça, e encaminhou o documento à Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar o caso e buscar pelo acusado.

RepórterMT

Foto: Arquivo

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *