Jovem foi atraída por ‘ficante’ até casa onde Comando Vermelho decretou sua morte.

Elen Nascimento Silva, de 21 anos, foi morta por membros do Comando Vermelho depois de postar TikTok fazendo sinal do PCC. Elen Nascimento da Silva foi encontrada morta na sexta-feira.

Elen Nascimento Silva, de 21 anos, foi atraída por um ‘ficante’ com quem se relacionava, até a casa onde estavam os membros do Comando Vermelho que acabaram matando a jovem a tiros, no dia 19 de abril. Ela foi encontrada morta três dias depois, em 22 de abril.

Conforme as investigações da Polícia Civil, a jovem teve a morte decretada pelo CV depois de postar um vídeo no TikTok fazendo o sinal do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma facção rival. Ela foi avisada pelos criminosos, apagou a postagem, mas acabou publicando o vídeo novamente.

O delegado de Brasnorte, Eric Márcio Fantin, explicou que Elen foi atraída por um ‘ficante’ até a residência onde os membros da facção estavam esperando. Ela saiu de casa na noite de terça-feira (19) e disse que iria para a casa de “um amigo”. Depois, não retomou mais contato com a família.

Após isso, a jovem foi levada em um veículo até o local onde foi morta, na Estrada do Perobal, zona rural da cidade. No local, foi alvejada por quatro disparos de arma de fogo.

Quatro bandidos foram presos, inclusive o mandante. “Eles foram detidos em flagrante, mas por motivos diferentes do homicídio. Três por tráfico de drogas e um deles por integrar a organização criminosa”, afirmou o delegado.

Pelo menos mais 4 bandidos que participaram do homicídio já foram identificados e devem ser presos nos próximos dias.

O caso segue sendo investigado.

RepórterMT

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *