Marildes destaca conquistas de profissionais da enfermagem, ACS e ACE

A vereadora Marildes Ferreira (PSB) classificou como uma grande vitória para a categoria, a aprovação pela Câmara dos Deputados do projeto de Lei que define a criação do piso salarial para enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras.
A parlamentar também comemorou as conquistas dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate à Endemias (ACE) que também terão novo piso.
A partir deste ano, eles devem receber dois salários mínimos e ainda adicional de insalubridade e aposentadoria especial devido aos riscos inerentes às funções desempenhadas. De acordo com a proposta, os estados, o Distrito Federal e os municípios deverão estabelecer outras vantagens, incentivos, auxílios, gratificações e indenizações a fim de valorizar o trabalho desses profissionais.
Marildes sempre defendeu as categorias, tanto na sua atuação como vereadora em Rondonópolis como no período em que foi secretaria de Saúde do município. “Sempre estive do lado destes trabalhadores da saúde e esse piso aprovado é uma grande vitória, que vai ao menos, garantir mais dignidade a esses trabalhadores”, destacou a vereadora.
Sobre os profissionais da enfermagem, Marildes destaca que a categoria é merecedora dessa conquista e que sempre houve uma luta de todos para garantia desse novo piso nacional.
Pelo projeto aprovado o salário mínimo inicial para os enfermeiros será no valor de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente, tanto para quem atua no setor público como no privado. Pela proposta, os técnicos de enfermagem vão receber 70% do pisco; e 50% para os auxiliares de enfermagem e as parteiras.
Os valores ainda deverão ser corrigidos anualmente com base Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC)
A medida, no entanto, para ter validade, vai depender ainda da sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL).

Lucas Perrone/assessoria

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *