Moto para delivery: top5 usadas e baratas.

Três cores com grafismos de traços modernistas e joviais; a Crosser 150 se destaca na multidão.

mercado de entregas segue em crescimento em todo o país. A cada dia surgem novas plataformas com diferentes vantagens e propostas, aumentando a demanda por profissionais que não tenham medo de encarar o trânsito da cidade ou o sol quente. Pessoas prontas para trabalhar como motoboy.

Entretanto, nem todos conseguem ingressar na profissão já com uma moto 0km – ainda mais diante dos consideráveis aumentos que elas tiveram no último ano. Por isso criamos uma lista com moto para delivery usadas e baratas, mas igualmente aptas para rodar muito e gastar pouco.

Uma boa moto para delivery é econômica, resistente e de fácil manutenção. E preferencialmente barata, claro .

Moto para delivery: as novas estão mais caras

Ainda nesta semana falamos sobre os aumentos recentes nos preços das motos. Pegamos as líderes de cada categoria e comparamos o valor médio cobrado pelas concessionárias em uma zero quilômetro em setembro do ano passado e no mesmo mês de 2021.

Nem todo motoboy que está começando tem R$ 15.800 (Fipe) para comprar uma Titan zero quilômetro. Por isso, as usadas podem ser uma boa opção

Quem dera o aumento fosse apenas os 8% que a inflação registrou em 2020. A diferença média ficou na casa dos 20% e não poupou nenhuma marca ou estilo, todos estão mais caros. Por isso, comprar uma moto usada ou seminova está cada vez mais atrativo – ainda que o crescimento na procura também tenha as deixado mais caras. Os preços citados aqui foram extraídos da FIPE em setembro de 2021.

 

Moto para delivery: opções usadas e baratas

Modelo

Categoria

Preço FIPE

CG 150 Cargo Flex ESD 2013

Street

R$ 7.706

Pop 110i 2016

Street mais nova

R$ 6.658

Neo 115 2011

Scooter

R$ 5.012

Crosser ED 2014

Trail

R$ 8.143

Intruder 125 2011

Custom

R$ 5.536

Motonline

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *